Falando um pouco sobre cinema

minions-in-cinema-1920x1080-wallpaper

O dia 28 de Dezembro de 1895 é um dia especial para a Sétima Arte, pois nessa data ocorreu em Paris, no Salão Grand Café, a apresentação dos Irmãos Lumière dos produtos de seu invento ao qual chamaram Cinematógrafo. O evento causou comoção, e logo a notícia se alastrou. Em pouco tempo, este acontecimento artístico conquistaria o mundo e marcaria o nascimento de uma indústria multibilionária. O filme exibido na ocasião foi “L’Arrivée d’un Train à La Ciotat”.

 

O que hoje em dia baseia-se em projeções de imagens animadas, o cinema nasceu de várias técnicas fotográficas e a síntese do movimento utilizando a persistência da visão com a invenção de jogos ópticos. Dentre os jogos ópticos inventado, estão o thaumatrópio, fenacistoscópio, zootropo, praxinoscópio, dentre outros.

Taumatrópio

Brinquedo que foi popular na Era Vitoriana, inventado em 1824, por Peter Mark Roget que apresentou um artigo à Royal Society de Londres intitulado The Persistence of Vision with Regard to Moving Objects (“A persistência da Visão no que Concerne à Objetos em Movimento” em tradução livre) onde abordava e discutia uma certa sensação ilusória de se enxergar uma roda (de carruagem) rodar ao contrário, durante seu movimento normal de rotação.

Como funciona
Basicamente é um disco de papelão com uma imagem em cada lado preso a dois pedaços de barbante. Quando as cordas são torcidas rapidamente entre os dedos as imagens dos dois lados dão a sensação de se combinar em uma única através de uma espécie de ilusão de ótica.

ocavaleirosemcabeça

 

 

Um filme que aparece esse brinquedo é “o Cavaleiro sem Cabeça”

 

 

 

Fenacistoscópio

fenacistocopio

Consiste em vários desenhos de um mesmo objeto, em posições diferentes, distribuídos por uma placa circular. Quando essa placa gira em frente a um espelho, se consegue a ilusão de movimento.

Zootropo

Este por sua vez, é uma máquina criada em 1834, que nada mais é do que um tambor circular com pequenas janelas recortadas, através delas, é possível olhar para desenhos dispostos em tiras. No momento em que gira o objeto, cria-se a ilusão de movimento.

 

Praxinoscópio

praxinoscopio

Aparelho que projeta em um tela imagens desenhadas sobre fitas transparente inventado pelo francês Émile Reynaud . De início composto por uma caixa de biscoitos e um único espelho, ele foi aperfeiçoado com um sistema de espelhos permitindo os efeitos de relevo e com a  multiplicação das figuras desenhadas, junto a adaptação de uma lanterna de projeção possibilitaram a realização de truques que dão a ilusão de movimento. Funcionou por 5 anos após a invenção do cinema.

Até a próxima! 🙂

Jean Santos

Deixe uma resposta